Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Pesquisador IRD é nomeado para Comissão Internacional de Proteção Radiológica
Início do conteúdo da página

Pesquisador IRD é nomeado para Comissão Internacional de Proteção Radiológica

  • Publicado: Segunda, 12 de Julho de 2021, 15h13
  • Última atualização em Segunda, 12 de Julho de 2021, 15h15

O pesquisador Denison de Souza Santos passou a integrar o Comitê 2 da ICRP para o mandato de 2021-2025, iniciado em 1º de julho de 2021. O ICRP é a Comissão Internacional de Proteção Radiológica, organização independente, internacional, que promove o avanço da ciência da proteção radiológica para o benefício do público, fornecendo recomendações e orientação sobre todos os aspectos da proteção contra as radiações ionizantes. O Comitê 2 desenvolve metodologias dosimétricas para avaliação de exposições internas e externas à radiação, incluindo modelos biocinéticos e dosimétricos de referência e dados de referência e coeficientes de dose, voltados à proteção de pessoas e do meio ambiente.

 

De acordo com o organismo internacional, os quatro comitês que compõem a ICRP "desempenharão um papel importante na revisão e revisão do Sistema de Proteção Radiológica para a próxima geração". A participação dos membros é decidida pela Comissão Principal, por meio de um processo de votação, considerando as habilidades e experiência necessárias, equilíbrio de gênero, diversidade geográfica e uma combinação de membros novos e outros mais experientes.. A Comissão existe com este nome desde 1928 e define a filosofia de proteção radiológica que serve de base para países no mundo inteiro na definição de suas legislações nacionais nesta área. No Brasil, a norma CNEN NN 3.01 é baseada nas recomendações da ICRP. 

 

Para o mandato de 2021-2025, a equidade de gênero na Comissão Principal e nos Comitês passou para 31% feminino e 69% masculino, em comparação com 27% feminino e 73% masculino no mandato 2017-2021, "com progresso modesto em todos os Comitês". A diversidade geográfica aumentou significativamente, com membros vindos de 25 países, em comparação com 22 do mandato anterior.

São os seguintes os grupos de trabalho do Comitê 2 (nomeados em livre tradução), que tem como chair o suíco François Bochud, do Institut de Radiophysique, em Lausanne:

TG 36 – Dose de radiação para pacientes em medicina nuclear diagnóstica;

TG 95 – Coeficientes de dose interna;

TG 96 – Fantomas computacionais e transporte de radiação;

TG 97 – Fantomas de referência computacionais do tipo “mesh” – MRCP;

TG 112 – Dosimetria em emergência;

TG 113 – Órgãos de referência e coeficientes de dose efetiva para exames comuns de radiodiagnósticos e imagem;

TG 117 – Eficácia biológica relativa (RBE), fator de qualidade (Q) e fator de peso da radiação (wR).

** Com informações do site ICRP

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página